Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Projetos de PIBID E Residência Pedagógica da UFSB são aprovados na primeira etapa de avaliação da CAPES
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Projetos de PIBID E Residência Pedagógica da UFSB são aprovados na primeira etapa de avaliação da CAPES

  • Publicado: Quarta, 29 de Abril de 2020, 18h56
  • Última atualização em Quarta, 29 de Abril de 2020, 19h15
  • Acessos: 2117

Estudantes conversando sentados em círculo

Na foto: roda de conversa durante o I Seminário de Formação Docente da UFSB/PIBID-Residência Pedagógica, em 14 de novembro de 2019.

Foi publicada hoje, 29 de abril, a avaliação do mérito e a análise técnica dos projetos dos Programas de Iniciação à Docência (Pibid) e Residência Pedagógica (RP), submetidos aos Editais n. 02/2020 e 01/2020 da Capes, respectivamente. A UFSB teve suas duas propostas aprovadas nesta primeira etapa preliminar.

Além dos resultados das análises, com suas pontuações, foi publicada também a lista de Instituições de Ensino Superior (IES) aprovadas. O projeto do Pibid ficou em 39º lugar, dentre as 296 submissões realizadas nesta modalidade. Já o projeto do RP ficou em 43º lugar, dentre as 274 submissões realizadas. De cada uma dessas listas, as primeiras 250 IES aprovadas de cada modalidade serão consideradas na distribuição de cotas de bolsa. Ainda cabem recursos. As coordenadoras dos Programas, prof.ª Luciana Ávila (Pibid) e Gabriela Rodella (RP), avaliam que este é um ótimo resultado, demonstrando a qualidade dos projetos de iniciação à docência da UFSB.

As cotas serão divididas proporcionalmente de acordo com o quantitativo da UF; no caso da Bahia, o Pibid e o RP contam, cada um,  com 2.448 vagas para serem distribuídas entre todas as IES selecionadas no Estado. Os núcleos sempre contarão com 24 bolsistas (discentes), essa regra não muda depois dos recursos e da divisão entre as IES, pois a distribuição de cotas será realizada respeitando essa quantidade.

O Projeto Institucional de Residência Pedagógica da UFSB, submetido em 2020 à Capes, intitula-se “Formação docente: entre teoria e prática”. Tendo sido muito bem avaliado por pareceristas ad hoc, ele conta com dois subprojetos interdisciplinares: o primeiro voltado às áreas prioritárias, como definidas pela Capes, de Língua Portuguesa, Ciências Naturais e Matemática, com três núcleos, um em cada campus; e o segundo voltado às áreas gerais de História, Sociologia e Artes, com dois núcleos, um no CSC e outro no CPF.

O Projeto Institucional do Pibid também foi muito bem avaliado no parecer da Capes, que destaca a consistência teórica e a coerência didático-pedagógica e metodológica na concepção do projeto institucional e nos subprojetos. Foram congregados quatro subprojetos de área que contemplam as cinco licenciaturas interdisciplinares da UFSB.: dois disciplinares, nas áreas de Língua Portuguesa e Artes, e dois interdisciplinares, nas áreas de História/Sociologia e Matemática/Biologia, distribuídos em seis núcleos de iniciação à docência, nos municípios de Itabuna, Porto Seguro e Teixeira de Freitas.

Foram solicitadas 144 bolsas de iniciação à docência para o Pibid e 120 bolsas de residentes para o RP. A próxima etapa, prevista para meados de maio, definirá o número de bolsas concedidas.

registrado em:
Fim do conteúdo da página