Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Jardim Botânico da UFSB comemora um ano de inauguração
Início do conteúdo da página

Jardim Botânico da UFSB comemora um ano de inauguração

  • Publicado: Quinta, 23 de Maio de 2019, 16h35
  • Última atualização em Quinta, 23 de Maio de 2019, 18h13
  • Acessos: 3048

DSC 0268 1 CópiaNo dia 22 de maio, o Jardim Botânico FLORAS (JBFLORAS) da Universidade Federal do Sul da Bahia comemorou seu primeiro ano de inaguração, que ocorreu durante o 38º Encontro Regional de Botânicos – MG/BA/ES (ERBOT), em 2018. No evento, aconteceu uma cerimônia que contou com a presença de várias lideranças locais, parceiros de pesquisa do Jardim e congressistas que tiveram a oportunidade de participar do momento de criação da Alameda Pau-Brasil, instalada com o plantio de 10 mudas dessa espécie, doadas pela Estação Ecológica Pau Brasil (ESPAB/CEPLAC), no momento chamado “Compromisso com o Futuro do Jardim Botânico FLORAS. 

Desde sua inauguração, o Jardim Botânico já recebeu cerca de 250 pessoas entre estudantes do Ensino Fundamental e Médio, professores de escolas públicas e pessoas da melhor idade do CRAS Frei Calixto em visitas aos espaços do Jardim que funciona no Campus Universitário da UFSB. Além de conversar sobre as plantas, seus valores histórico-culturais e ecológicos, os visitantes têm a oportunidade de conhecer um pouco sobre os trabalhos que são desenvolvidos pela equipe de estudantes e pesquisadores do JBFLORAS, visitam os laboratórios e interagem em atividades criadas para públicos de diferentes idades, tais como o “Cientista do Dia”, o “Bingo do Conhecimento” e o “Desafio do Jardim Botânico FLORAS”.

O Jardim Botânico produz também a revista científica Paubrasilia em homenagem ao nome científico do pau-brasil, Paubrasilia echinata. A Paubrasilia recebe manuscritos de pesquisas realizadas na área da Botânica de quem desejar publicar um artigo ou texto científico. Na página do Jardim, você tem acesso a mais informações e também ao Boletim do Jardim Botânico FLORAS que traz notícias, ideias, informações e ações desenvolvidas na área de Botânica, Meio Ambiente, Educação e Sustentabilidade.

Integram a equipe do Jardim, incluindo o Comitê Científico e membros da Paubrasilia, um grupo formado por 14 professores, sete técnicos-administrativos, 15 estudantes de graduação e cinco estudantes de pós-graduação e dois servidores terceirizados da UFSB, além de 12 professores e pesquisadores de outras instituições de Ensino ou de Pesquisa nacionais e internacionais.

Até o momento, o Jardim Botânico FLORAS conta com 194 espécies nativas do Brasil e 52 espécies exóticas em seu remanescente de Floresta e nos jardins que permeiam o Campus Sosígenes Costa da UFSB. Dentre as espécies nativas estudadas, 15 são endêmicas da Mata Atlântica, sendo uma restrita ao sul da Bahia e Norte do Espírito Santo. Quatro espécies presentes no Jardim Botânico estão ameaçadas de extinção, entre elas o pau-brasil/ibirapitanga (Paubrasilia echinata), o jacarandá-da-bahia (Dalbergia nigra), o cedro (Cedrela fissilis) e a juçara (Euterpe edulis), o que torna o nosso Jardim ainda mais responsável pela manutenção, pesquisa e divulgação de nossa rica biodiversidade para as gerações futuras.

O coordenador do JBFLORAS, Jorge Antonio Silva Costa, comenta: "Nesse dia festivo, a equipe do Jardim Botânico FLORAS agradece a todas as pessoas da UFSB que têm contribuído para a realização das atividades e para o funcionamento do Jardim, especialmente a comunidade do Campus Sosígenes Costa que têm sido fundamental para a concretização de nossa realidade. Aproveitamos para agradecer também a todos os parceiros da comunidade portosegurense que têm contribuído muito com a formação do JBFLORAS, especialmente com a doação de equipamentos, materiais, mudas e serviços que são cruciais para a nossa existência. Esperamos  tornar-nos cada vez mais parte integrada da vida de Porto Seguro e região como uma opção importante para o Ecoturismo, a Educação e o lazer, contribuindo para a melhoria da qualidade de vida das pessoas no presente e nas futuras gerações".

registrado em:
Fim do conteúdo da página