Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > UFSB inicia discussão sobre a viabilidade do retorno às atividades presenciais
Início do conteúdo da página

UFSB inicia discussão sobre a viabilidade do retorno às atividades presenciais

  • Publicado: Sexta, 13 de Agosto de 2021, 15h39
  • Última atualização em Segunda, 16 de Agosto de 2021, 13h33
  • Acessos: 1007

Na manhã de ontem (12), o Comitê Emergencial de Crise (CEC) apresentou o relatório sobre o levantamento da situação vacinal dos/as servidores/as e terceirizados/as da UFSB em reunião que contou com a presença do Conselho de Gestão, dos coordenadores de Apoio Acadêmico dos campi e dos/as decanos/as. Os resultados verificados na pesquisa, que foi realizada junto à comunidade de servidores durante o mês de julho, embasarão as discussões a respeito da viabilidade do retorno gradativo às atividades presenciais.

O setor administrativo está em trabalho remoto desde o dia 18 de março de 2020, quando da publicação da Portaria 163/2020; já as atividades acadêmicas presenciais, após suspensão, voltaram a acontecer por intermediação tecnológica no dia 10 de agosto de 2020. Com o avanço da vacinação em todo o território de abrangência da UFSB, a perspectiva é de que a maioria dos/as servidores/as poderá ter sido imunizada com a segunda dose da vacina até o mês de outubro, o que reforça a necessidade de iniciar o debate sobre o retorno gradual às atividades presenciais.

Além das condições vacinais da comunidade, o debate sobre o assunto deve observar também a adequação da infraestrutura nos campi e a organização das equipes nos setores. O CEC está elaborando um plano de orientações de biossegurança e monitoramento dos/as servidores/as que deverá orientar a retomada gradual das atividades administrativas. O assunto será discutido em toda a universidade, nos respectivos setores e unidades acadêmicas. 

No caso das aulas, embora não haja previsão de retorno presencial, tendo em vista que a faixa etária da maioria dos estudantes ainda não foi contemplada com a segunda dose da vacina, as unidades acadêmicas através dos seus decanatos deverão iniciar um levantamento das atividades acadêmicas prioritárias para retorno presencial, quando as condições sanitárias e de vacinação permitirem.

registrado em:
Fim do conteúdo da página